Fontes energéticas Sistemas de conversão de energia Transporte e armazenamento de energia Equipamentos Utilização racional de energia Edifícios energéticamente eficientes Segurança

Segurança - Introdução
Segurança - Quadro eléctrico
Segurança  - Material eléctrico
Segurança  - Acumuladores de calor
Segurança  - Equipamentos a gás
Segurança  - Efeitos fisiológicos da corrente eléctrica

Segurança - Introdução

As fontes energéticas, normalmente utilizadas em ambiente doméstico, podem provocar sérios danos à integridade física dos seus utilizadores, a electricidade pode matar por electrocussão, o gás pode matar por intoxicação, a água quente pode provocar graves queimaduras, assim é fundamental ler com atenção e seguir à risca as normas de segurança estabelecidas para cada electrodoméstico, é ainda fundamental garantir que os técnicos contratados para realizar uma qualquer instalação energética (electricidade, gás ou calor) estão devidamente credenciados para o efeito.  

(VOLTAR)

Segurança - Quadro eléctrico

O quadro eléctrico deve ser instalado junto ao acesso principal da sua habitação, deve permanecer fechado, e não deverá ter elementos sob tensão eléctrica à vista ou directamente acessíveis.

Deverão estar equipados com:

  • disjuntores para protecção das instalações;

  • diferenciais para protecção das pessoas;

  • devidamente identificados por facilidade e segurança das operações de manutenção e de utilização. 
    (Figura: Quadro eléctrico) 

Sempre que algum elemento do quadro eléctrico da sua habitação se danifique, contacte de imediato um técnico credenciado para proceder à sua reparação. 

Certifique-se que a instalação de terra da sua habitação foi correctamente realizada.

(VOLTAR)

Segurança  - Material eléctrico

Assegure-se que os equipamentos eléctricos que adquire possuem a marca CE.

Nunca utilize uma extensão eléctrica enrolada em espiral.

Assegure-se que as extensões eléctricas que adquire, têm condutores com uma secção de 2,5 mm2.

Todos os equipamentos eléctricos com superfícies exteriores (de contacto) metálicas, deverão ter uma ficha eléctrica como ligação de terra e como tal deverão ser ligadas a tomadas com ligação à terra.

Para uma mesma tomada evitar a sobrecarga de ligações.

(VOLTAR)

Segurança  - Acumuladores de calor

Os equipamentos acumuladores de calor, nomeadamente os equipamentos para aquecimento de água, necessitam de uma manutenção periódica de forma assegurar que os seus mecanismos de protecção (válvulas de descarga e termóstato), se encontram em perfeitas condições de operacionalidade, evitando assim a ocorrência de acidentes.

(VOLTAR)

Segurança  - Equipamentos a gás

Os equipamentos a gás necessitam de uma atenção muito especial para por um lado evitar fugas de gás das quais podem resultar em explosões, e por outro evitar a libertação / acumulação de monóxido de carbono que pode provocar a asfixia de quem o inalar. 

As fugas de gás evitam-se pela manutenção cuidada de todos os elementos constituintes da canalização de gás, bem como dos equipamentos responsáveis pela queima. Os tubos de borracha, utilizados nas instalações de gás degradam-se pelo contacto com o ar, assim deverão ser substituídos de acordo com o período de validade inscrito no próprio tubo. 

A formação de monóxido de carbono ocorre quando se realiza uma combustão num ambiente pouco rico em oxigénio, ou seja, para evitar a libertação e acumulação de monóxido de carbono, deve-se ventilar o espaço no qual ocorre a combustão. 

Em caso algum se deve desactivar os sensores que impedem o funcionamento do equipamento (normalmente esquentador) quando detectam a presença de monóxido de carbono. 

O monóxido de carbono é especialmente perigoso por ser praticamente imperceptível ao Homem, assim normalmente a asfixia ocorre sem que as vitimas dêem por isso.

(VOLTAR)

Segurança  - Efeitos fisiológicos da corrente eléctrica

O atravessamento do corpo humano por uma corrente eléctrica pode provocar os seguintes efeitos:

  • Tetanização, contracção muscular provocada pela circulação de corrente através dos nervos que controlam os músculos. A corrente supera os impulsos eléctricos que são enviados pela mente anula-os, podendo bloquear um membro ou o corpo inteiro, e de nada valendo a consciência do indivíduo e a sua vontade de interromper o contacto;

  • Paragem respiratória, quando estão envolvidos na tetanização os músculos dos pulmões, estes param e com eles a função vital da respiração. Isto trata-se de uma grave emergência, pois que o Homem não aguenta muito mais que dois minutos sem respirar;

  • Queimaduras, a resistência que o corpo humano oferece à passagem da corrente eléctrica origina a produção de calor (Efeito Joule), podendo produzir queimaduras de todos os graus, dependendo da intensidade da corrente. Nos pontos de contacto as queimaduras produzidas pela corrente são profundas, podendo causar a morte por insuficiência renal;

  • Fibrilação ventricular, a corrente se atingir o coração, poderá perturbar o seu funcionamento, os impulsos periódicos que em condições normais regulam as contracções e as expansões são alterados e o coração vibra desordenadamente. A fibrilação é um fenómeno irreversível que se mantém mesmo depois de interrompida a passagem da corrente eléctrica, só podendo ser anulada mediante o emprego de um equipamento conhecido como ''desfibrilador''.

Pelo que foi dito, compreende-se que as consequências do atravessamento do corpo por uma corrente eléctrica, variam grandemente em função do percurso que a corrente estabelece, sendo que o mais gravoso de todos é aquele que envolve o atravessamento do coração, ou seja quando por exemplo a corrente entra no corpo pela mão esquerda e sai pelo pé direito. 

As condições em que ocorre o contacto são também importantes:

  • mãos molhadas implicam uma reduzida resistência de contacto como tal correntes elevadas a atravessar o corpo;

  • a corrente eléctrica resulta da diferença de potencial, pelo que quanto maior for maior será a corrente a atravessar o corpo; 

  • estados de saúde física e mental debilitados implicam uma susceptibilidade acrescida aos efeitos fisiológicos da corrente eléctrica.

(VOLTAR)
Fontes energéticas Sistemas de conversão de energia Transporte e armazenamento de energia Equipamentos Utilização racional de energia Edifícios energéticamente eficientes Segurança

Desenvolvido por
Assec Sim!Assec Sim!